Bem Vindo ao Correio do Oeste - 9 Anos Alimentando Você com Informações Políticas !

GERALDO JR. LAMENTA TER DEMORADO A MUDAR DE LADO: ‘GRUPO VITORIOSO E TRABALHADOR’

Publicado em: 11/4/2022

O presidente da Câmara Municipal de Salvador, Geraldo Jr. (MDB), lamentou neste sábado (2) ter demorado a mudar de lado na política baiana. O vereador, que antes integrava a base de apoio do prefeito Bruno Reis (UB) e do pré-candidato ao governo ACM Neto (UB), protagonizou uma grande reviravolta no fim de março e se lançou a vice-governador na chapa de Jerônimo Rodrigues (PT).

 

“Meu arrependimento é ter demorado a fazer parte deste grupo vitorioso e trabalhador”, declarou Geraldo, no evento em que a aliança governista discutiu seu “Plano de Governo Participativo” (PGP) em Seabra, na Chapada Diamantina.

 

De acordo com o PT, o evento em Seabra reuniu cerca de 300 lideranças políticas da Chapada na noite deste sábado, como os prefeitos de Andaraí, Ibicoara, Boninal, Nova Redenção, Lençóis, Souto Soares, Seabra, Piritiba, Novo Horizonte, Ibitiara, Palmeira e Bonito.

 

“Neste momento, onde o governador Rui Costa liberou o uso de máscaras em locais públicos, há o debate sobre o retorno das festas populares, uma tradição do nosso Nordeste. E Seabra tem um São João incrível. As manifestações culturais nordestinas terão o apoio do futuro governo da Bahia. E quero afirmar que estamos aqui para escutar a população de Seabra na elaboração do Programa de Governo Participativo (PGP) neste início de jornada rumo à vitória do povo baiano no dia 2 de outubro”, afirmou Geraldo Jr.

 

 

 

Também presente no evento, o senador Otto Alencar (PSD) disse que Rui Costa (PT) governou a Bahia nos últimos anos tendo o governo federal como adversário. Para ele, Jair Bolsonaro (PL) atuou contra o estado desde que assumiu a presidência da República e, com uma possível vitória de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) em outubro, a Chapada poderia ganhar uma universidade federal.

 

“Quando o governo federal discrimina o estado na área da educação, merece o repúdio dos baianos. Haveremos, com a fé que tenho e com a força do povo da Bahia, de voltarmos a colocar no Palácio do Planalto Lula para governar e trazer a universidade da Chapada para atender as pessoas jovens que precisam de educação gratuita e de boa qualidade. E vamos fazer essa sintonia com o governador aliado do presidente Lula, que será Jerônimo Rodrigues. Será Geraldo [Alckmin] lá e Geraldo [Jr.] cá, para ajudar Jerônimo na Bahia”, disse.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*