Bem Vindo ao Correio do Oeste - 6 Anos Alimentando Você com Informações Políticas !



GEDDEL DIZ QUE SEU GRUPO PODE ATRAIR PARTIDOS QUE ESTÃO NA BASE DE WAGNER

Publicado em: 21/12/2013

www.correiodooeste.com.br
Sinalizando que está cada vez mais sólida a sua pré-candidatura ao governo baiano nas eleições de 2014, pelo grupo de oposição, o presidente estadual do PMDB, Geddel Vieira Lima, revelou ontem que está intensa a articulação política, com fortes possibilidades de atração de partidos da base, que estariam insatisfeitos com os caminhos tomados pela gestão no estado. “Estou conversando tanto com os aliados tradicionais que estão caminhando para um projeto futuro, como também com partidos da base do governo que acham que deve haver mudanças na Bahia, que acham que esse governo que está aí já deu o que tinha de dar. Virão surpresas”, disse em confraternização com jornalistas, ontem, no Hotel Pestana, Rio Vermelho. O líder peemedebista transmitiu confiança, em relação à possível liderança da chapa oposicionista no próximo ano. Ele repetiu que vai aguardar o posicionamento oficial do líder do processo no grupo, o prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), fato que deve acontecer após o Carnaval. Geddel enfatizou ainda o objetivo de montagem de uma chapa com potencial e densidade eleitoral. Perguntado pela reportagem da Tribuna sobre o nome para o Senado, o ex-ministro admitiu que esse ponto deve ser bem articulado. Nas outras composições está o vice-governador Otto Alencar (PSD), que seguirá com o candidato do governador Jaques Wagner (PT), o secretário Rui Costa (PT) e a ex- ministra do STJ Eliana Calmon (PSB), que será postulante ao Senado na chapa de Lídice da Mata (PSB). “Evidente que essa responsabilidade nós temos. Só serei motivado a seguir se tiver companheiros motivados e com competitividade”, frisou. Leia mais na Tribuna.

Lilian Machado, Tribuna

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*