Bem Vindo ao Correio do Oeste - 6 Anos Alimentando Você com Informações Políticas !









Funcionários da LaMia são presos após queda de avião; presidente já foi levado

Publicado em: 07/12/2016

imagem_noticia_5

Dois funcionários da LaMia foram presos nesta terça-feira (6) em decorrência da investigação sobre a queda do avião que levava a delegação da Chapecoense para a Colômbia, na última terça (30). Uma secretária e um mecânico foram levados à prisão. O presidente da LaMia, Gustavo Vargas, também já havia sido preso (veja aqui). “Com fins foram investigativos, foram presos [além de Vargas] a secretária e o mecânico da empresa. Se há elementos e indícios que pdoem ser relacionados dentro do presente caso, o Ministério Público aplicará o Código Penal, se não, será ordenada a cessação da detenção”, explicou o promotor Iván Quintanilla, de acordo com a Folha. A Direção Geral de Aeronáutica Civil (DGAC) retirou documentos dos escritórios da LaMIa, que estão sob intevernção das autoridades. A Bolívia encontrou indícios de irregularidades no funcionamento e nas operações da empresa. A aeronave caiu com 77 pessoas a bordo, das quais 71 morreram e apenas 6 sobreviveram. Uma das principais hipóteses para o acidente é que a aeronave tenha caído porque ficou sem combsutível antes de chegar ao aeroporto de Riongero, em Medellín.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*