Bem Vindo ao Correio do Oeste - 6 Anos Alimentando Você com Informações Políticas !



FORMOSA DO RIO PRETO: PREFEITO JABES JUNIOR PRESTA ESCLARECIMENTOS AOS VEREADORES

Publicado em: 25/2/2014
prefeito
Respondendo aos questionamentos de alguns vereadores, o prefeito de Formosa do Rio Preto, Jabes Lustosa Junior, explicou algumas situações como a remoção de equipamentos do matadouro, paralisação das obras de pavimentação asfáltica e outras. O chefe do Executivo também apresentou alguns projetos de infraestrutura urbana que estão sendo pleiteados. 
A participação do prefeito na primeira sessão ordinária de 2014 da Câmara Municipal rendeu muitos esclarecimentos e uma espécie de balanço das atividades do ano passado e exposição de metas estabelecidas para os próximos meses. “Sabemos que 2013 foi um ano de iniciação administrativa e de organização da máquina administrativa, de nomeação do secretariado, de muitas audiências eleitorais e de algumas comemorações como o aniversário da cidade” relatou Jabes Junior, ressaltando que “quero ter a oportunidade de conversar, dialogar e debater com todos os vereadores. Estou à disposição”, se prontificou. 

De acordo com ele, não considera nenhum vereador como opositor, como adversário e muito menos como inimigo. Pelo contrário, se considera amigo de todos, independente das escolhas e posicionamentos partidários“A qualidade dos serviços tem que ter como objetivo o bem da população e não os interesses pessoais do prefeito, secretários, vereadores ou quem quer que seja. O foco do trabalho é o povo”, comentou. 
A cobrança do vereador Juraci Barbosa, o Pilosão, sobre a água no Sucuriú obteve como explicação do prefeito que esteve na comunidade recentemente e que solicitou da Coelba um transformador e a mudança da rede para trifásica, o que vai possibilitar a colocação de uma bomba de maior potência resolvendo definitivamente o problema de abastecimento de água na localidade.  
Sobre o mesmo tema, o chefe do Executivo de Formosa também ressaltou que será firmado convenio para perfurar 20 poços artesianos no município e também há a intenção de abrir pequenos açudes nas localidades da zona rural. O vereador José Antonio de Barros, o Meletinha, lembrou que na região de Periperi há poços artesianos sem funcionamento e ouviu do prefeito que a análise da situação já está em andamento para saber qual deles apresenta as melhores condições para instalar a água para as residências daquela região. 
Matadouro 
Sobre o questionamento de que o patrimônio público está sendo deteriorado, depredado ou tenha sumido, o prefeito relatou que isso não está acontecendo. Jabes Junior tem outros planos para espaço onde funcionava o matadouro, que deve se tornar a nova garagem da frota da prefeitura. Devido a este propósito, a balança que ficava naquele local foi removida e guardada em lugar seguro. “Estamos estudando a possibilidade de utilizar aquela área ou outra em um novo loteamento que está sendo se instalando e que por isso vai ceder um terreno para a prefeitura. Vamos optar pelo espaço mais amplo”, contou o chefe do Executivo.  
Caso se confirme a transformação do antigo matadouro em garagem do município, os currais serão desmanchados. Segundo o projeto, um pequeno espaço, com um curral menor, será reservado em uma das extremidades do terreno para realocar a balança de modo que sirva para a pesagem de animais de pequeno porte.  “Lá não é lugar de se criar animais, vai servir apenas para pesagem ou para manter pequenos animais por um curto período de tempo, nas situações em que sejam capturados nas ruas da cidade”, afirmou.  
Educação  
O prefeito Jabes Junior informou que realizou neste início de ano uma licitação para reforma de algumas escolas do município e a ordem de serviço já foi inclusive assinadaInicialmente serão atendidos os colégios Coração de Jesus e Joaquim Alexandre da Silva Filho, onde serão executados serviços como colocação de grades para segurança e de forro e climatização com ar-condicionado em todas as salas de aula. As obras não comprometerão as atividades escolares. 
 Outra licitação que fizemos foi para aquisição de lousas digitais. Vamos informatizar as salas de aula de Formosa e tenho certeza que nem os melhores colégios do Brasil estarão tão bem equipados como os nossos”, relatou Jabes Junior, detalhando que o projeto é custeado com recursos próprios e que por isso começará no Coração de Jesus e Joaquim Alexandre, os dois maiores colégios da cidade, e terá uma ampliação gradativa para as demais escolas da sede do município e posteriormente será entendido aos maiores colégios da zona rural. 
Metas 
Os esforços da Administração Pública estarão concentrados principalmente para as áreas de Assistência Social, Educação e Saúde. A Infraestrutura urbana também terá atenção especial pretensão é asfaltar todas as vias da sede do município com os recursos próprios provenientes de economia promovida pelo governo em 2013.  
Segundo o prefeito, já foi licitada a primeira etapa, orçada em aproximadamente R$ 4,5 milhões, e os trabalhos iniciados. Esta primeira obra não parou, é porque tem uma parcela paga pela Caixa Econômica e a empresa está esperando receber a primeira mediçãoalém disso, as chuvas do início de ano também contribuíram para paralisar temporariamente os trabalhos, mas que devem ser retomados nos próximos dias. 
Um levantamento topográfico de todas as ruas de Formosa apresentou a de 200 mil metros quadrados, o equivalente a mais de 20 quilômetros em linha reta, das vias do perímetro urbano da cidade, incluindo as principais saídas da cidade como as estradas de acesso para o matadouro, Santana e Casarão, que requerem pavimentação. asfaltamento destas ruas deve começar a partir do mês de maio, iniciando pela avenida principal do bairro Projeto na qual também será realizada uma obra complexa de drenagem. “É uma obra cara, mas nós estamos preparados para isso. Vamos nos dedicar especialmente a esta questão da mobilidade urbana, com o asfalto e também a construção de calçadas”, garantiu Jabes Junior.  
Hospital 
Samu e Hospital Dr. Altino Lemos Santiago receberão reformas. Já o novo hospital que tem verba garantida por meio de convênio com a Caixa Econômica Federal, continua em fase de elaboração dos projetos exigidos. “Eu asseguro que não há o perigo de perdermos o recurso”, tranquiliza o prefeito, estimando que em até dois meses deve-se conseguir a autorização para iniciar a construção do novo hospital.  
Cemitério 
A área do cemitério da Santa Helena será ampliada e serão construídos muros e calçadas no entorno do terreno. Uma estrutura com cobertura também será erguida no local. 
Quadra Aby Lisboa  
Estão em análise os reparos necessários com a previsão de orçamento e avaliada a possibilidade de construir uma cobertura para a quadra Aby Lisboa RibeiroO prefeito Jabes Junior também informou que está em fase de elaboração do projeto do ginásio de esportes que será construído no bairro Projeto, ao lado da AABB.  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*