Bem Vindo ao Correio do Oeste - 6 Anos Alimentando Você com Informações Políticas !



FILHO DE MULHER ASSASSINADA POR VENDER MAIS PAMONHAS TOCA FOGO NA CASA DE ACUSADO

Publicado em: 03/4/2015
Filho de mulher assassinada por vender mais pamonhas toca fogo em casa de acusado

Foto: Reprodução
O filho da cozinheira de pamonhas Marizete de Fátima Machado, que foi assassinada por uma concorrente na madrugada do dia 30 de março por vender mais pamonhas do que ele, em Goiás, foi preso na manhã desta sexta-feira (3), suspeito de atear fogo na casa dos suspeitos de matar sua mãe. Segundo informações da Polícia Militar, Douglas Vinicius Machado de Abreu foi detido no local e confessou ter iniciado o incêndio. Em entrevista ao site G1, uma vizinha afirmou que começou a sentir o cheiro de fumaça pouco antes de 7h. A mulher, que não quis se identificar, disse ainda que não viu como o incêndio começou, mas acredita que tenha sido intencional. “Tem muita gente aqui com raiva deles”, disse. O comerciante Willian Divino da Silva Moraes, 28 anos, e a mãe dele, uma comerciante de 55 anos, estão presos suspeitos de terem matado Marizete. Eles são proprietários de uma pamonharia concorrente à que a vítima trabalhava. A polícia acredita que a motivação do crime seria uma disputa por clientes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*