Bem Vindo ao Correio do Oeste - 6 Anos Alimentando Você com Informações Políticas !



DEPUTADO ARTHUR MAIA QUER CRIAR UMA FRENTE PARLAMENTAR PARA SALVAR O RIO SÃO FRANCISCO

Publicado em: 04/2/2015

Deputado Arthur Maia

O deputado Arthur Maia, líder do Partido Solidariedade na Câmara Federal, quer criar uma Frente Parlamentar do Rio São Francisco. Ele afirma estar absolutamente convencido de que o Rio São Francisco passa por um processo acelerado de degradação e explica que a situação está piorando a cada ano. “A cada ano que nós temos visto a depredação do rio e isso em vários aspectos. Primeiro no próprio leito, na própria calha do rio, está havendo um processo acelerado em relação ao assoreamento das suas margens. Nos seus rios contribuintes, rios que vêm na maior parte deles do oeste da Bahia, em virtude do avanço da agricultura naquela região, esses rios estão sendo muito atacados nas nascentes. Esse processo de assoreamento tem sido cada vez mais intenso a cada ano que passa.” Com a criação dessa Frente Parlamentar, a intenção do deputado é proteger, recuperar e promover a melhoria da vida das populações ribeirinhas. Ele explica de que maneira essas ações são possíveis. “Tem que ser feito um projeto junto com a Codevasf, junto com o Ministério da Integração Nacional, não para o ano que vem, mas um processo que abranja um projeto para 1, 3, 5, 10, 20 anos. Cada ano que passa nós temos que ter metas definidas, claras para serem cumpridas – depois de fazer um diagnóstico do rio, naturalmente – mas ter metas claras a serem cumpridas a cada ano para que possamos, de maneira continuada, junto com a população local, preservar o São Francisco.” Segundo Arthur, o processo de diminuição das chuvas, como o que ocorre atualmente no estado de São Paulo, também influencia na degradação do rio. O deputado ressalta que municípios da Bahia distantes do São Francisco veem no rio a única maneira de matar a sede e que os projetos de irrigação demandam cada vez mais água.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*