Bem Vindo ao Correio do Oeste - 6 Anos Alimentando Você com Informações Políticas !









DEPUTADO ARTHUR MAIA LANÇA FRENTE PARLMANETAR DO RIO SÃO FRANCISCO:FÓRUM PERMANENTE PELA RECUPERAÇÃO DO VELHO CHICO

Publicado em: 07/5/2015

20150507132711 (1) 20150507132711 20150507132712 20150507133202

A Frente Parlamentar de Defesa e Desenvolvimento do Rio São Francisco foi lançada na tarde desta quinta-feira, 07, na Câmara dos Deputados. Presidida pelo líder do Solidariedade, deputado Arthur  Maia (BA), a Frente tem o propósito de promover ações que recuperem o rio, melhorem as condições ambientais das regiões por onde passa e diminuam o impacto negativo sobre as comunidades ribeirinhas.O parlamentar pretende reunir os atores ligados ao São Francisco – governos Federal e estaduais, legislativo e sociedade civil organizada – para estabelecer um fórum permanente que projete ações de curto, médio e longo prazos pela recuperação do rio. “Temos visto várias forças atuando de maneira isolada. A sinergia será o lema da Frente. Precisamos nos unir, já que o propósito é único, sempre em prol das atuais e das futuras gerações”, ressaltou.

Arthur Maia considerou grave a crise enfrentada pelo rio diante da maior seca dos últimos 50 anos. “Essa crise é notória e não tem sido sequer combatida pelos governos Federal e Estaduais.O processo de assoreamento é cada vez mais intenso. Além disso, os rios contribuintes, a maior parte deles provenientes do oeste da Bahia, estão sendo muito atacados nas nascentes em virtude do avanço da agricultura naquela região”, afirmou. Ele destacou que as populações ribeirinhas têm sofrido com os impactos causados pelo “processo acelerado de degradação” do Velho Chico – como é conhecido popularmente o rio São Francisco. “As comunidades cuja maior atividade econômica é a pesca artesanal têm sentido o prejuízo da crise hídrica, principalmente para sua própria sobrevivência.Não adianta imaginar que o rio se desenvolverá se as pessoas que moram à margem dele não tiverem efetivamente condições de ter uma atividade produtiva que dê a essas pessoas uma condição de vida que valorize a preservação do São Francisco”, afirmou.

Wagner Costa, vice-presidente do Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco, órgão colegiado integrado pelo poder público, sociedade civil e empresas usuárias de água, considerou a Frente uma grande oportunidade para o Vale do São Francisco. “Com a Frente porque vamos adquirir força política para levar aos principais órgãos a necessidade de promover ações coordenadas e alinhadas ao Plano Diretor da Bacia, que está em fase de remodelação”, disse. Para o diretor da Área de Revitalização das Bacias Hidrográficas da Codevasf, Eduardo Motta, a defesa do Rio é de todos. “Essa luta cabe ao Poder Executivo, legislativo, órgãos não governamentais e sociedade civil organizada como um todo. Os desafios talvez sejam maiores do que possamos imaginar, mas estamos à disposição para atuar em conjunto com a Frente”, garantiu.

O presidente da Companhia de Saneamento de Minas Gerais (COPASA), Antônio de Miranda Junior, destacou que o Estado, que está na cabeceira do Rio, precisa do São Francisco. “Milhões de pessoas dependem dele para sobreviver e, por isso, reconhecemos a importância dessa nobre iniciativa”, frisou.Ficou marcada para a próxima quinta-feira, 14, reunião administrativa da Frente Parlamentar com técnicos do Ministério da Integração, da Codevasf e do Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco com o objetivo de desenhar o primeiro Seminário da Frente, que deve ocorrer dentro de 30 dias.

O evento também contou com a presença de dezenas de parlamentares, dentre eles os deputados Raimundo Gomes de Matos (PSDB/CE), presidente da Comissão Externa de Transposição do Rio São Francisco, Rômulo Gouveia (PSD/PB), Zé Silva (SD/MG), 3º vice-presidente da Comissão Especial da Crise Hídrica, Laércio Oliveira (SD/SE) e Goulart (PSD/SP). 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*