Bem Vindo ao Correio do Oeste - 11 Anos Alimentando Você com Informações Políticas !

DEFESA DE LULA ALEGA NÃO TER SIDO NOTIFICADA E PEDE QUE STJ ADIE JULGAMENTO

Publicado em: 23/4/2019

“Houve um comunicado à imprensa no final do dia. Isso não me parece adequado” afirmou Cristiano Zanin, advogado do ex-presidente, ao jornal Folha de São Paulo

Lula na saída do enterro do neto Arthur. Foto: Ricardo Stuckert Filho/ Lula

Redação VN
[email protected]

O julgamento do recurso contra condenação sofrida pelo ex-presidente Lula no caso do triplex do Guarujá está marcado para ser realizado no tribunal do STJ na tarde desta terça-feira (23). No entanto, a defesa de Lula alega que não foi notificado sobre o julgamento e pediu para que a turma adiasse este julgamento.

Advogados do ex-presidente estiveram no gabinete do relator Felix Fisher nesta segunda-feira (22) e afirmaram que não foram informados oficialmente sobre o julgamento do recurso nesta terça-feira, só acessaram a informação através da imprensa.

“Nós da defesa do ex-presidente Lula não fomos intimados da realização do julgamento e tampouco recebemos ou qualquer informação nas diligências que realizamos ontem ao longo do dia no Tribunal. Houve um comunicado à imprensa no final do dia. Isso não me parece adequado diante da garantia constitucional da ampla defesa e das nossas prerrogativas profissionais”, afirmou Cristiano Zanin, advogado do ex-presidente, ao jornal Folha de São Paulo.

No início desta terça, Zanin protocolou reclamação na corte do STJ. A sessão está marcada para ocorrer às 14h. Vale lembrar que esta seria a primeira vez que um tribunal superior analisará este processo de forma colegiada, com cinco ministros.

Os comentários estão desativados.