Bem Vindo ao Correio do Oeste - 6 Anos Alimentando Você com Informações Políticas !



CRISTÓPOLIS:PALESTRAS COM CASA CHEIA ENCERRAM A CAMPANHA “FAÇA BONITO”

Publicado em: 23/5/2014
palestras-capa-IMG 3832
Oeste10
 
O auditório do Centro Cultural de Cristópolis esteve repleto de pessoas, na tarde desta sexta-feira (16/mai). Estudantes, professores, pais e autoridades se reuniram para acompanhar as palestras sobre o abuso e a exploração sexual de crianças e adolescentes. O evento foi organizado pela Secretaria de Assistência Social, da Prefeitura Municipal de Cristópolis.
 
Palestras

 

palestras-capa-IMG 3887

 
A psicóloga da Secretaria de Assistência Social de Cristópolis, Marília Machado, proferiu palestra sobre os aspectos psicossociais relacionados ao tema: “Alguns dados dizem que 80% dos casos de violência sexual, praticada contra crianças e adolescentes, são realizados por pessoa conhecida, geralmente familiar, amigos, vizinhos, que são pessoas confiáveis”, disse.

 

 
“Os pedófilos usam muito a internet. É importante que a gente fique ligado. A internet está a cada dia mais acessível através dos celulares, tablets, notebooks, lan houses, computadores em casa”, alertou.

 

palestras-capa-IMG 3897
 
Em seguida, o juiz responsável pela Vara da Infância e da Juventude, de Barreiras-BA, Dr. César Lemos de Carvalho, palestrou para os presentes: “Antes nós tínhamos o Código de Menores, que tratava de um aspecto mais repressivo, a criança ou o adolescente cometia uma infração e ele punia. A criança era um objeto do direito. Com a Declaração Universal dos Direitos Humanos, a criança passou a ser encarada como uma pessoa de direitos’, disse o juiz.

 

 
“Com o ECA – Estatuto da Criança e do Adolescente – isso [direito da ciança] foi consolidado. Este estatuto é um marco na história jurídica e de proteção à criança. Ele não tem uma certa unicidade, alguns dizem que é uma colcha de retalhos, outros dizem que tem muita coisa que o poder público delegou à sociedade, mas é uma avanço significativo”, comentou o magistrado.

 

palestras-capa-IMG 3903
 
A última palestra foi apresentada pelo delegado de Cristópolis, Dr. Leonardo Almeida Mendes Junior. Ele contou alguns casos, preservando os nomes dos personagens, e falou sobre a atuação da polícia e a realidade regional: “Existe um crime chamado estupro de vulnerável, descrito no artigo 217 do Código Penal. Independente da criança já ter sido violada, ou mesmo que ela queira, ou que o pai tenha permitido ou não o namoro, o crime é de estupro, se ela tiver abaixo de 14 anos”. O delegado tratou do recente aumento dos abusos: “No ano de2012, os registros de ocorrências referentes ao abuso sexual de crianças e adolescentes superaram os de homicídios. No País foram 50.780 registro de crimes sexuais, onde as vitimas foram crianças”, declarou.

 

 
Atividades culturais

 

palestras-capa-IMG 3870
 
Três apresentações culturais ocorreram no início do evento. Na primeira, a Companhia de Arte e Dança, grupo teatral de jovens cristopolenses, apresentou a esquete “A infância que está sendo roubada”, em que expuseram o tema a partir de uma visão contemporânea.

 

palestras-capa-IMG 3877
 
Em seguida, alunas da Escola Municipal Professora Janyra de Souza, de Cantinho, cantaram uma paródia da música “Vagalume” chamada “Se liga!”.
Outra paródia, desta vez da música “Lepo, lepo”, foi cantada por alunos da mesma escola. O título: “Disque 100”, que é o número do telefone usado para denunciar casos de abuso sexual contra crianças e adolescentes.

 

palestras-capa-IMG 3879
 
Presenças

 

 
A equipe do juizado da infância, formada por: Fabiana, Lígia, Dário, Lucineide, Joelton, Graça e Wilson, prestigiou o evento. O Conselho Tutelar, a Polícia Militar, Colégio Estadual, Colégio Municipal São Pedro e os agentes de saúde também participaram das atividades.

 

palestras-capa-IMG 3822
 
Na plateia, o prefeito Antonio Pereira e o vice-prefeito Sorriso permaneceram até o final: “Tivemos boas palestras. Um pouco da psicologia que envolve a questão, um pouco de conhecimento jurídico e também sobre a atuação da polícia em casos de abusos contra crianças. Precisamos intensificar a luta contra esse mal e garantir um futuro melhor para nossas crianças “, disse o gestor.
 
palestras-capa-IMG 3925

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*