Bem Vindo ao Correio do Oeste - 6 Anos Alimentando Você com Informações Políticas !









Cortejado por Maia, Republicanos decide apoiar Lira na disputa pelo comando da Câmara

Publicado em: 17/12/2020

por Julia Chaib | Folhapress

Cortejado por Maia, Republicanos decide apoiar Lira na disputa pelo comando da Câmara

Foto: Najara Araujo/Câmara dos Deputados

O presidente do Republicanos, deputado Marcos Pereira (SP), decidiu se juntar ao bloco do líder do PP, Arthur Lira (AL), candidato à presidência da Câmara.

Pereira era pré-candidato pelo grupo hoje mais alinhado ao presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ). Na semana passada, porém, ele decidiu que insistiria na sua candidatura, mas sem o apoio do deputado do DEM.

Nesta quarta, ele bateu o martelo de que apoiará o nome de Lira para presidir a Casa no ano que vem. “Tinha um veto velado do Maia à minha pessoa”, justificou Pereira à reportagem sobre a decisão de embarcar na candidatura do líder do PP.

A campanha de Lira afirma ter votos de PL, PSD, Solidariedade, Avante, PSC, PTB, PROS e Patriota. Juntos, eles somam 170 deputados. Com o Republicanos, que tem 31 deputados, o número de apoiadores de Lira sobe para 201.

Além desses, o entorno do líder do PP também conta com dissidentes da oposição e do PSL.

Do outro lado, o grupo ligado a Maia faz uma ofensiva sobre os partidos de esquerda para atrai-los para seu bloco.

O bloco do presidente da Câmara é formado por seis partidos (PSL, MDB, PSDB, DEM, Cidadania e PV), que reúnem 159 deputados. No entanto, calcula-se que apenas metade da bancada do PSL esteja alinhada a esse grupo. O restante, aliados de Bolsonaro, deve apoiar Lira.

A expectativa é a de que nesta quarta alguns partidos de esquerda confirmem o apoio ao grupo do deputado do DEM. O PC do B, o PDT e o PSB já avisaram que vão migrar para o bloco de Maia.

O PT tende a seguir este caminho. A formação do grupo, porém, tem como principal objetivo garantir a prioridade na indicação de cargos na mesa diretora.

Isso porque dentro dos partidos de esquerda há muita dissidência e votos favoráveis a Lira.

O nome do conjunto de siglas em torno de Maia que vai disputar a presidência ainda não está definido.

Se o anúncio do bloco ocorrer até esta quarta (17), a ideia é bater o martelo sobre o candidato até a próxima sexta (18). Hoje, estão cotados dos deputados Aguinaldo Ribeiro (PP-PB) e Baleia Rossi (MDB-SP).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*