Bem Vindo ao Correio do Oeste - 9 Anos Alimentando Você com Informações Políticas !

CONDENADO POR ESTUPRO COLETIVO NO PIAUI, ADOLESCENTE É MORTO POR COMPARSAS NA CELA

Publicado em: 17/7/2015

comparsa18715

Um dos condenados pelo estupro coletivo no Piauí foi espancado até a morte nesta quinta-feira (16) pelos outros três coautores do crime, dentro da cela do Centro Educacional Masculino (CEM) em Teresina. Segundo Anderly Lopes, diretor da unidade, Gleisom Vieira da Silva, de 17 anos, era o delator do caso e chegou a fazer um vídeo em que reconstituía o estupro. Ele e os outros três condenados estavam internados no Centro de Internação Provisória (Ceip), mas após a sentença foram transferidos para o CEM na quarta (15). “No Ceip os adolescentes estavam separados, só como no CEM está superlotado tivemos que colocá-los na mesma cela da ala E, que abriga internos que cometeram atos infracionais graves como estupro, homicídio e latrocínio”, explicou Anderly ao G1. Após o assassinato, os três adolescentes foram levados para o Complexo de Defesa da Cidadania. O juiz da Infância e Juventude, Antônio Lopes, condenou a decisão da CEM de colocar os menores no mesmo local. “A situação é gravíssima, eles deveriam ficar isolados. Estive com os adolescentes após o homicídio, eles disseram ter matado porque o outro tinha maior participação no estupro coletivo. Agora vão cumprir por mais este crime”, declarou. No dia 27 de maio, os menores agrediram e estupraram quatro adolescentes e depois as jogaram do alto de um penhasco no município de Castelo do Piauí. Uma das jovens morreu.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*