Bem Vindo ao Correio do Oeste - 9 Anos Alimentando Você com Informações Políticas !

Collor pretende constranger Janot durante sabatina para PGR, diz jornal

Publicado em: 25/8/2015
Collor pretende constranger Janot durante sabatina para PGR, diz jornal

Foto: Waldemir Barreto /Agência Senado
O senador Fernando Collor (PTB-AL) deu um jeito de participar da sabatina que o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, participará para ser reconduzido ao cargo de chefe do Ministério Público, na quarta-feira (26). O alagoano foi denunciado por Janot por suposta participação no esquema de corrupção da Petrobras e classificou Janot como “sujeitinho à toa”, “fascista da pior extração” e “sujeito ressacado, sem eira nem beira” em discurso no plenário nesta segunda-feira (24). O senador afirmou ainda que Janot, a quem já chamou de “filho da puta” em discurso tenta constranger o Senado. Segundo a Folha de S. Paulo, líder do bloco União e Força, que agrega o PTB, PR, PSC e PRB, Collor destituiu o senador Douglas Cintra (PTB-PE) e se indicou em seu lugar para compor a suplência da comissão na última terça-feira (18). Já no dia seguinte, ele apresentou um voto em separado contrário à aprovação do nome de Janot, com documentos em desfavor do procurador. Segundo Collor, Janot omitiu da documentação entregue à CCJ informações sobre a sua conduta, como por exemplo, que é alvo de investigações no TCU (Tribunal de Contas da União) e no próprio Senado, onde tramitariam cinco petições contra o procurador. De acordo com senadores próximos a Collor, ele resolveu voltar à comissão para constranger o procurador durante a sabatina. Como suplente, Collor pode participar das discussões mas só terá direito a voto se algum senador do seu bloco estiver ausente. Fazem parte do bloco e são titulares na CCJ os senadores Marcelo Crivella (PRB-RJ), Magno Malta (PR-ES) e Eduardo Amorim (PSC-SE).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*