Bem Vindo ao Correio do Oeste - 6 Anos Alimentando Você com Informações Políticas !







Celulares, eletrodomésticos e bancos são os mais procurados em reabertura de shoppings

Publicado em: 24/7/2020

por Mari Leal / Lucas Arraz / Ailma Teixeira / Bruno Luiz

Foto: Lucas Arraz/ Bahia Notícias

Na reabertura dos shoppings centers em Salvador (veja detalhes aqui), ocorrida às 12h desta sexta-feira (24), a preferência dos clientes tem sido por celulares e eletrodomésticos. As agências bancárias que ficam nos estabelecimentos também estão sendo requisitadas.

 

No Shopping da Bahia, a reportagem observou que os clientes procuram com mais frequência as lojas de eletrodomésticos e eletroeletrônicos. Os locais têm fornecido álcool gel na entrada, mas o BN observou que há dificuldade no controle do acesso das pessoas. No estabelecimento, a agência da Caixa Econômica Federal também registra movimento intenso.

 

No Salvador Shopping, a procura por lojas de operadores de telefonia celular chama atenção. A da Tim, por exemplo, é a mais demandada. O acesso ao local tem sido controlado por funcionários e apenas parte dele está liberado – metade da entrada está isolada por fita.

 

Já no Salvador Norte Shopping, a busca maior foi por lojas que comercializam celular. A equipe do estabelecimento chegou a essa conclusão logo depois de abrir portas, às 12h.

 

O shopping está otimista com a reabertura e a consequente possibilidade de retomada gradual da economia. “Toda a equipe do Salvador Norte vem há dois meses se preparando para este momento. Fomos rigorosos no cumprimento dos protocolos e nas medidas para tornar o shopping ainda mais seguro. Este é um momento de contar com a colaboração lojistas, colaboradores e clientes em nome do bem-estar de todos”, frisou o estabelecimento em nota.

 

A reabertura dos shoppings, comércios de rua de até 200 m² e templos religiosos foi possível após a taxa de ocupação de leitos de UTI para Covid-19 em Salvador atingir 75% por cinco dias consecutivos. O fato permitiu o início da fase 1 de retomada da economia, conforme protocolos estabelecidos pela prefeitura e pelo governo do Estado. Para que a segunda e terceira etapas ocorram, é necessário que a ocupação atinja 70% e 60% pelos mesmos cinco dias, respectivamente.

 

No caso dos shoppings, o funcionamento de serviços como praças de alimentação, cinemas, salões de beleza e barbearias está proibido. Em relação às praças, é permitido o funcionamento dos restaurantes, mas apenas para delivery ou retirada de pedidos – o consumo no local é vetado.

 

MEDIÇÃO DE TEMPERATURA

Os centros de compras também são obrigados a medir a temperatura dos pacientes, seja na entrada, por meio de termômetros, ou na área interna dos estabelecimentos, via câmeras de monitoramento. Caso a pessoa esteja acima de 37,8ºC, ela pode ser proibida de entrar no local ou será testada em estrutura montada pelo shopping.

 

“Quem tiver acima de 37,8º, não vai poder entrar no shopping. Quem tiver lá dentro, vai ser encaminhado para testagem, mas quem tiver na porta e detectar a temperatura dela acima de 37,8º, ela não vai poder entrar no shopping. Vai ser recomendado que ela se mantenha em isolamento e faça o teste do coronavírus”, explicou o prefeito ACM Neto em coletiva na última semana.

 

DENÚNCIAS

O cumprimento das regras da prefeitura e do governo estadual está sendo fiscalizado por equipes da Secretaria Municipal de Desenvolvimento e Urbanismo (Sedur). A violação dos decretos também pode ser denunciada pela população através dos números 156 e 160.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*