Bem Vindo ao Correio do Oeste - 9 Anos Alimentando Você com Informações Políticas !

BROTAS DE MACAÚBAS: JORNALISTA LANÇA LIVRE SOBRE OS 200 ANOS DO DIVINO

Publicado em: 14/5/2015

DIVI02 DIVI03 DIVI04 DIVI05 DIVI06 DIVINO BROTAS DIVINO DIVIo1

A Festa do Divino Espírito Santo chegou a Brotas de Macaúbas pelas mãos dos primeiros garimpeiros, muitos dos quais de origem portuguesa e açoriana. Há mais de 200 anos, muito antes da descoberta do primeiro diamante na Chapada Velha, em 1842, que a devoção à terceira pessoa da Santíssima Trindade ganha força em nosso município, de onde se espalhou para muitos outros lugares. É esse o tema do livro “Festa do Divino – DNA de fé do povo brotense” que o jornalista, poeta, escritor e produtor cultural Rosalvo Martins Júnior lança no próximo dia 15 de maio.
Trata-se de um trabalho de pesquisa de muitos anos, desde que o autor, como imperador, organizou em 1992 a festa. Com isso, resgata uma lacuna, pois não há registros oficiais sobre a história,dos nomes de antigos imperadores e capitães do mastro. O livro reúne quase 200 fotografias de festas de várias décadas, além de depoimentos.
É uma produção independente que conta as origens da devoção em Brotas, na Chapada Diamantina, no Brasil e também em Portugal. Para isso, contou com o apoio de vários ex-imperadores e imperatrizes, capitães e capitãs do Mastro, devotos e do povo em geral na cessão de fotografias de algumas décadas dos festejos.
Na empreitada, o autor destaca o trabalho de Sabino Rodrigues, ex-imperador, que ajudou no trabalho da pesquisa fotográfica, além do disignerMaurício Almondes com quem divide a concepção gráfica e a edição. A revisão é assinada por Carlos Amorim. Brotas de Macaúbas – a terra do Divino Espírito Santo – fica a 600 quilômetros de Salvador, na Chapada Diamantina, e é a terra onde nasceu o geógrafo Milton Santos e onde morreram os guerrilheiros Carlos Lamarca e Zequinha Barreto.
FESTA ESTE ANO
Em 2015, a Festa do Divino espírito Santo – Pentecostes – acontece, em Brotas de Macaúbas, nos dias 23 e 24 de maio. A Cavalaria é o ponto alto da véspera, trazendo o imperador com a Bandeira do Divino e o capitão do mastro. Este ano os escolhidos são o padre Joel e Almir Rodrigues da Silva. No domingo, a missa solene, a procissão e a escolha dos próximos festeiros constam da programação religiosa.
Na programação social, a apresentação de Edson Lima e Gatinha Manhosa, além de artistas locais. Um show gospel, com direito a trio elétrico nas ruas, também faz parte da programação oficial da festa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*