Bem Vindo ao Correio do Oeste - 6 Anos Alimentando Você com Informações Políticas !









BARRA TRAVA GUERRA CONTA GRIPE, VACINE-SE COM URGÊNCIA

Publicado em: 14/5/2015

Campanha de vacinação contra a gripe
Crianças de seis meses a menores de cinco anos; pessoas com 60 anos ou mais; trabalhadores da saúde; povos indígenas; gestantes; puérperas (mulheres até 45 dias após o parto); população privada de liberdade; e os funcionários do sistema prisional tem que vacinar!

Teve início nesta segunda-feira (04) a Campanha de Vacinação contra a Gripe para 2015. Receberá a vacina quem faz parte do grupo prioritário, ou seja, parte da população que tem maior risco de desenvolver complicações causadas pela doença. A meta é garantir a vacinação de 80% do público-alvo, até o fim da campanha, em 22 de maio.

A vacina protegerá a população contra os três subtipos do vírus da gripe determinados pela Organização Mundial de Saúde (OMS) para este ano (A/H1N1; A/H3N2 e influenza B). Integram o público-alvo crianças de seis meses a menores de cinco anos; pessoas com 60 anos ou mais; trabalhadores da saúde; povos indígenas; gestantes; puérperas (mulheres até 45 dias após o parto); população privada de liberdade; e os funcionários do sistema prisional.

Também serão vacinadas pessoas portadoras de doenças crônicas não transmissíveis ou com outras condições clínicas especiais. A definição dos grupos prioritários segue a recomendação da OMS, com respaldo de estudos epidemiológicos e também da observação do comportamento das infecções respiratórias, que tem entre os principais agentes, o vírus da gripe. São priorizados os grupos mais suscetíveis ao agravamento de doenças respiratórias.

A vacina contra influenza é segura e uma das medidas mais eficazes de prevenção a complicações e casos graves de gripe. Estudos demonstram que a vacinação pode reduzir entre 32% e 45% o número de hospitalizações por pneumonias e de 39% a 75% a mortalidade por complicações da influenza.

Como o organismo leva, em média, de duas a três semanas para criar os anticorpos que geram proteção contra a gripe após a vacinação, é fundamental realizar a imunização no período da campanha para garantir a proteção antes do início do inverno. O período de maior circulação da gripe vai de final de maio a agosto.

Pacientes cadastrados em programas de controle das doenças crônicas do Sistema Único de Saúde deverão se dirigir aos postos em que estão registrados para receberem a dose, sem necessidade de prescrição médica.

Segundo a Diretora de Atenção à Saúde, há uma equipe visitando o Hospital Ana Mariani, a Clínica Santa Rita, Clínicas Particulares, o Abrigo dos Idosos e a residência das pessoas sem capacidade de locomoção, para fazer a vacinação e garantir o sucesso da campanha. Quem tiver em casa um idoso com dificuldade de ir até o posto deve entrar em contato com seu Posto de Saúde ou Vigilância Epdemiológica através do telefone 3662-2190 informando a situação, para que a equipe vá até a residência vacinar o paciente.

CAMPANHA – A 17ª Campanha Nacional de Vacinação Contra a Gripe terá como Slogan “Contra a gripe, seu escudo é a vacinação” e reforça o conceito de proteção, além de explorar a imagem do escudo empunhado pelo Zé Gotinha, o personagem-símbolo da vacinação.

MEDIDAS DE PREVENÇÃO – A transmissão dos vírus influenza acontece por meio do contato com secreções das vias respiratórias, eliminadas pela pessoa contaminada ao falar, tossir ou espirrar. Também ocorre por meio das mãos e objetos contaminados, quando entram em contato com mucosas (boca, olhos, nariz). À população em geral, o Ministério da Saúde orienta a adoção de cuidados simples como medida de prevenção para evitar a doença, como: lavar as mãos várias vezes ao dia; cobrir o nariz e a boca ao tossir e espirrar; evitar tocar o rosto e não compartilhar objetos de uso pessoal.

Em caso de síndrome gripal, deve-se procurar um serviço de saúde o mais rápido possível. A vacina contra a gripe não é capaz de eliminar a doença ou impedir a circulação do vírus, por isso, as medidas de prevenção são muito importantes, particularmente durante o período de maior circulação viral, entre os meses de junho e agosto.

Também é importante lembrar que, mesmo pessoas vacinadas, ao apresentarem os sintomas da gripe – especialmente se são integrantes de grupos mais vulneráveis às complicações – devem procurar, imediatamente, o médico. Os sintomas da gripe são: febre, tosse ou dor na garganta, além de outros, como dor de cabeça, dor muscular e nas articulações. Já o agravamento pode ser identificado por falta de ar, febre por mais de três dias, piora de sintomas gastrointestinais, dor muscular intensa e prostração.

REAÇÕES ADVERSAS – Após a aplicação da vacina, podem ocorrer, de forma rara, dor no local da injeção, eritema e enrijecimento. São manifestações consideradas benignas, cujos efeitos costumam passar em 48 horas. A vacina é contraindicada para pessoas com história de reação anafilática prévia em doses anteriores ou para pessoas que tenham alergia grave relacionada a ovo de galinha e seus derivados. É importante procurar o médico para mais orientações.

Sábado dia 9 de maio é o dia D da campanha nacional, mas a vacina estará à disposição nos postos de saúde da sede do Município e dos Distritos de Ibiraba e Igarité do dia 04 e continuará até o dia 22 de maio, das 08h às 17h.

Atenção para os Postos de Vacinação:

  • Unidade de Saúde da Família Assunção
  • Unidade de Saúde da Família Santa Clara
  • Unidade de Saúde da Famíla Manga
  • Unidade de Saúde da Família Parque das Lagoas
  • Centro de Saúde Dr. Fabriciano Teixeira
  • Unidade de Saúde da Família Subestação
  • Unidade de Saúde da Família Centro
  • Escola Municipal Sylvia Araújo
  • Posto de Saúde de Igarité
  • Unidade de Saúde da Família de Ibiraba

Lembre-se de levar o Cartão de Vacina!

Também estamos enviando equipes para a vacinação na zona rural, conforme roteiros abaixo relacionados:

ROTEIRO 01

Localidades:

  1. Paulista
  2. Capricho de Fora
  3. Capricho
  4. Retiro da União
  5. Amarra Couro
  6. Escalvado
  7. Alto alegre
  8. Saquinho
  9. Saco
  10. Bebedouro
  11. Ilha da Lama
  12. Cabeça da Ilha

ROTEIRO 02

Localidades:

  1. Sape
  2. Sacão
  3. Vereda do Saco
  4. Fazendinha
  5. Ribeirão
  6. Estreito
  7. São Jose
  8. Boca do Saco
  9. Mundo Novo
  10. Fazendinha
  11. Rufo
  12. Campo Alegre
  13. Gamboa
  14. Limoeiro
  15. Passagem das Moças
  16. Ilhazinha
  17. Dois Riachos
  18. Pequi
  19. Caraíba
  20. Passagem Grande
  21. Camaçari
  22. Umburana
  23. Barrinha
  24. Saquinho
  25. Alto Alegre
  26. Areado
  27. Gama
  28. Curralinho
  29. Boa Vista
  30. Cajueiro
  31. Terra da Roça
  32. Sucuruiu

ROTEIRO 03

Localidades:

  1. Lagoa da Barriguda
  2. Lagoa dos Mandins
  3. Lagoa Funda
  4. Lagoa Grande
  5. Lagoa dos Torrões
  6. Xixa
  7. Lagoa do Zuquinha
  8. Lagoa Preta
  9. Lagoa da Gia
  10. Baixão da Descoberta
  11. Baixão de Arcanjo
  12. Queimadas
  13. Baixão do Gavião
  14. Baixão das Abelhas
  15. Lagoa Bonita
  16. Baixão da Aparecida
  17. Baixão de Aleixo
  18. Baixão do Arroz
  19. Torrões
  20. Pratos finos
  21. Cabeça Branca
  22. Gia
  23. Desterro
  24. Várzea do Fernando
  25. Jatobazinho
  26. Santo Antonio
  27. Passageiro
  28. Caiçaras
  29. Fazenda Nova
  30. Riachinho
  31. Pedrinhas
  32. Porções
  33. Boca da Caatinga I
  34. Boca da Caatinga II
  35. Nova União
  36. Baixão do Arroz
  37. Combate
  38. Durasse
  39. Piranhas
  40. Boqueirão
  41. Pontal

Prefeitura da Barra Trabalho e Desenvolvimento

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*