Bem Vindo ao Correio do Oeste - 6 Anos Alimentando Você com Informações Políticas !







BAHIA:CHAPADA DIAMANTINA SE DESTACA NA PRODUÇÃO DE UVAS E TOMATES

Publicado em: 17/8/2013

image_preview
Em mais um resultado das missões internacionais do Governo do Estado, uma delegação de produtores franceses de vinho participou nesta sexta-feira (16) em Morro do Chapéu, na Chapada Diamantina, da colheita de uvas da safra 2013 e degustação de vinhos da safra 2012, resultado da primeira colheita.

O governador Jaques Wagner e o secretário estadual da Agricultura, Eduardo Salles, também participaram do evento, ao lado do presidente da Cave Cooperative des Riceys, Christian Jojot, que lidera a comitiva.

Os franceses estão na Bahia para conferir o potencial das uvas viníferas, em resposta a um convite feito pelo governador, que em 2009 esteve, com o secretário Salles, na França, onde assinaram protocolo de intenções para desenvolver a cultura da uva na Chapada.

Pelo protocolo, a cooperativa francesa vai transferir tecnologia de produção, conhecimento e gestão na produção de uvas e vinhos da Bahia. Na última quarta-feira (14), eles acompanharam a primeira colheita de Mucugê.

“Começamos a colher os frutos do que fomos buscar há alguns anos. Acho que aqui será o vetor de desenvolvimento e enriquecimento da região, principalmente para Morro do Chapéu. Muita gente não acreditava que poderíamos plantar uvas e daí produzir um vinho de qualidade. Hoje, a resposta está aí e os investidores começam a aparecer”, afirmou o governador.

Estudos

A unidade de observação de videiras viníferas de Morro do Chapéu foi idealizada via iniciativa da Secretaria da Agricultura do Estado (Seagri), depois de estudos da sua equipe técnica em parceria com a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), que analisou as condições de solo e clima da região da Chapada Diamantina, constatando a viabilidade da produção de uvas para vinhos finos.

Com a instalação da unidade foram plantadas dez variedades de videiras – pinot noir, cabernet sauvignon, petit verdot, tannat, malbec, merlot, syrah, sauvignon blanc, chardonnay e muscat petit grain, com a finalidade de identificar o comportamento das variedades e as que melhor se adaptam às condições de solo e clima da Chapada Diamantina. O local tem capacidade para produzir 16 toneladas de uvas, mas, inicialmente, produz oito.

Unidades para produção de tomate e processamento de morango

O governador também participou da inauguração em Morro do Chapéu da inauguração da Unidade de Cultivo Protegido Produção de Tomates em Cultivo Protegido, da Ban Tomates. A matriz da empresa está localizada em Goiás, porém os empresários escolheram o município para instalar a filial produtiva em decorrência do clima na região, que favorece o plantio de tomates especiais.

A unidade, que vai fornecer o produto para o mercado da região Nordeste, possui 68 funcionários – a maior parte moradora da região – e até 2014 serão 250 pessoas trabalhando na empresa.

Outra ação de Jaques Wagner foi a assinatura o protocolo de intenções entre o Governo da Bahia e a empresa Peterfrut Agrícola S/A para a implantação de uma Unidade de Beneficiamento e Processamento de Morangos, em Morro do Chapéu, atendendo a cinco municípios da Chapada Diamantina.

De acordo com o secretário Eduardo Sales, a unidade vai oferecer estrutura de recebimento, armazenagem e distribuição da fruta, possibilitando desta forma investimentos para a ampliação e consolidação da produção agrícola de morango na região.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*