Bem Vindo ao Correio do Oeste - 9 Anos Alimentando Você com Informações Políticas !

BAHIA: PM MATA SEIS DURANTE CONFRONTO

Publicado em: 09/8/2015

A polícia matou seis pessoas e prendeu 13 durante uma operação nos bairros de Valéria e Fazenda Coutos, na manhã desta sexta-feira (7). Cerca de 300 policiais civis e militares participaram da ação, que começou por volta das 3h para o cumprimento de nove mandados de prisão e dez de busca e apreensão. Seis armas foram apreendidas, além de drogas diversas e balanças de precisão. A ocupação dos dois bairros ainda não tem data para encerramento.
 
Entre os mortos estão Jorge Lucas Santos da Cruz, o Lucas, de 23 anos e Lucinei Cardoso Barbosa, o Pinha ou Gago, 34, acusados de participação na chacina de Valéria, no dia 26 de julho que resultou na morte de quatro pessoas, incluindo um policial militar e o filho dele. Lucas e Pinha estavam com mandado de prisão em aberto.
 
De acordo com a assessoria da Polícia Civil, todos os seis homens que morreram durante a operação desta sexta-feira têm envolvimento com o tráfico de drogas. Três vítimas foram identificadas como Marcos Santos de Jesus, 24, José Márcio Cardoso de Jesus, 19, e Hugo Leonardo Farias dos Santos – a idade dele não foi divulgada. O sexto homem morto ainda não foi identificado.
 
Segundo a assessoria, todos os baleados foram socorridos para o Hospital do Subúrbio. O objetivo da operação é prender traficantes envolvidos com homicídios nos dois bairros. A assessoria do Departamento de Polícia Técnica (DPT) informou que apenas dois dos corpos deram entrada no Instituto Médico Legal (IML) até às 18h desta sexta-feira. Os nomes não foram divulgados.
 
A área será ocupada nos próximos dias pela PM, informou José Alves de Bezerra, diretor do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). “A ocupação será mantida hoje e durante todo o fim de semana. Iniciou sem prazo para ser concluída”, afirmou o diretor.
 
O motivo da operação seria as últimas mortes ocorridas na região – entre elas a chacina que envolveu as mortes do sargento Osvaldo Costa Filho, 49 anos, e do filho dele, Railander da Silva Conceição, 24 anos, além dos episódios das morte do comerciante Edgar da Lima Filho e a morte de dois adolescente de 17 e 13 anos, no dia 23 de julho.  
 
Entre as 13 pessoas detidas para averiguação estão duas mulheres e um adolescente de 16 anos, que foi apreendido em casa, enquanto dormia. A mãe do jovem entrou em desespero e precisou ser amparada pelos amigos.
 
Seis morreram em confrontos na operação
Além das 13 pessoas presas, seis homens foram mortos em confronto com a polícia durante a operação. De acordo com o posto de Polícia Civil do Hospital do Subúrbio, os suspeitos trocaram tiros com a polícia. A assessoria da Polícia Civil informou que as mortes foram registradas como autos de resistência.
 
Com o grupo foram apreendidos uma quantia de R$ 1.000, uma pistola de calibre 40, dois revólveres de calibre 38, um revólver calibre 32 e uma quantidade de crack que ainda não foi divulgada pela polícia, assim como aparelhos de som roubados de veículos. Lucas está entre os suspeitos mortos durante o segundo confronto, assim como Rato e Pinha. 
 
Bairros permanecerão ocupados durante o final de semana; coletiva vai divulgar resultado. Muitos tiros foram ouvidos na área desde o início da operação, ainda de madrugada. Os bairros de Fazenda Coutos e Valéria permanecerão ocupados durante o fim de semana, e os suspeitos detidos serão conduzidos à sede do DHPP.
 
“A polícia vai permanecer na área durante estes próximos dias para realizar a manutenção da ordem, e não há previsão de quando vai sair”, revelou o major Pereira. No local estão equipes da Rondesp, Bope, 19ª CIPM, 31ª CIPM (Valéria). (Correio)
 
Foto: Mauro Akin Nassor/ CORREIO
Foto: Mauro Akin Nassor/ CORREIO
Foto: Mauro Akin Nassor/ CORREIO

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*