Bem Vindo ao Correio do Oeste - 6 Anos Alimentando Você com Informações Políticas !







Apesar de liberação, Uesb e Uesc ainda não têm definição sobre retomada de aulas presenciais

Publicado em: 30/10/2020

por Jade Coelho

Apesar de liberação, Uesb e Uesc ainda não têm definição sobre retomada de aulas presenciais

Foto: Reprodução/Google Maps

Mesmo com o anúncio do governo estadual de que as unidades de ensino superior da Bahia estarão autorizadas a retomar as aulas presenciais a partir do dia 3 de novembro, as universidades estaduais ainda não têm planos e nem data de retorno desta modalidade.

 

Após meses com atividades suspensas, as Uebas definiram protocolos e modelos de ensino remoto a partir de deliberação dos seus Conselhos Superiores de Ensino, Pesquisa e Extensão (Consepe).

 

Na Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb), com campi em Jequié, Vitória da Conquista e Itapetinga, está em curso o semestre 2019.2 (leia aqui). De acordo com o professor e pró-reitor de graduação da Uesb, Reginaldo Pereira, ainda não há previsão de retorno presencial.

 

Ele explica que as atividades de ensino do período 2019.2 seguem sendo ofertadas de forma remota, conforme decisão do Consepe. “Qualquer nova definição sobre o retorno passará pelo Conselho, que se reunirá antes do fim do semestre letivo”, completou Pereira.

 

A previsão, de acordo com o educador, é de que até final de novembro seja feita a reunião do Consepe para avaliar qual será o formato do próximo período letivo.

 

A pró-reitora de graduação na Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc), Rosana Lopes, afirmou que a comunidade acadêmica será acionada e o tema será discutido com participação de todos. 

 

“Na próxima semana, certamente, o reitor provocará as discussões”, ponderou.

 

Na Uesc, após deliberação do Consepe, as aulas remotas também foram reguladas e estão em curso. O processo de definição da oferta de atividades mediadas por tecnologia contou com a criação de uma comissão com representação do setor administrativo, acadêmico e técnico, além de uma pesquisa realizada com alunos, docentes e servidores (entenda melhor aqui). 

A AUTORIZAÇÃO
Conforme informado pela gestão estadual, uma publicação do Diário Oficial desta sexta-feira (30) vai revogar o Decreto n° 19.586, que suspendia as atividades presenciais nas unidades de ensino. 

 

A revogação da medida contempla instituições públicas e privadas de ensino superior na Bahia. As aulas poderão ser retomadas a partir do dia 3 de novembro. 

 

O governo argumenta que a decisão foi tomada com base nos dados da pandemia na Bahia. O estado registra um platô no número de novos registros, de mortes e casos ativos da infecção pelo novo coronavírus.  

 

Mesmo com a autorização, cada instituição terá autonomia para estabelecer um calendário de retorno às aulas, desde que os protocolos estejam devidamente implementados.

 

Os protocolos devem padronizar, sistematizar e normatizar o procedimento de retorno às atividades e aulas. Além disso, as regras devem orientar estudantes, professores, colaboradores, pais, responsáveis, prestadores de serviço e visitantes sobre a execução do processo, de modo a assegurar a integridade e a saúde dos mesmos, conforme recomendações da Organização Mundial de Saúde (OMS) (leia mais aqui).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*