Bem Vindo ao Correio do Oeste - 9 Anos Alimentando Você com Informações Políticas !

ACUSADO DE DESVIAR DINHEIRO DE DESABRIGADOS ERA CONSIDERADO BOM FUNCIONÁRIO PELA SEMPS

Publicado em: 26/9/2015
Acusado de desviar dinheiro de desabrigados era considerado bom funcionário pela Semps

Foto: Tiago Melo / Bahia Notícias
Thiago Santos Lima, acusado de desviar R$ 100 mil do Fundo Municipal de Assistência Social (FMAS) de Salvador, era considerado bom funcionário pela chefia da Secretaria Municipal de Promoção Social, Esporte e Combate à Pobreza (Semps). De acordo com o chefe da pasta, Bruno Reis, Lima chegou a ser exonerado do cargo que ocupava em abril, quando Reis chegou na secretaria, mas permaneceu por meio de contrato com uma terceirizada. “Quando assumi a pasta, Thiago Lima foi exonerado. Mas, como foi bem recomendado tecnicamente pela chefia, decidi mantê-lo no cargo. Foi uma surpresa vê-lo envolvido nesse esquema”, disse, em entrevista a A Tarde. Ainda de acordo com o chefe da Semps, O desvio de R$ 100 mil corresponde a 0,1% do total dos valores destinado às vítimas da chuva na capital. “Nenhum dos cerca de seis mil beneficiários do auxílio-moradia e dos três mil do auxílio-emergência deixou de receber por conta da conduta deste funcionário”, afirmou Reis. Em depoimento à polícia, Thiago Santos Lima afirmou que teve o acesso à senha da conta bancária do FMAS furtada por “terceiros”. Além dele, sete estudantes de medicina, uma de fisioterapia – todos da Universidade Federal da Bahia (Ufba) – e mais uma pessoa não identificada foram presas por participação no esquema.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*