Bem Vindo ao Correio do Oeste - 6 Anos Alimentando Você com Informações Políticas !



ACORDO É SUSPENSO E AVÓ DE 63 ANOS CONTINUA PRESA POR NÃO PAGAR PENSÃO DOS NETOS

Publicado em: 22/2/2015

O caso da lavradora Benedita Conceição dos Santos, 63 anos, que está presa na delegacia de Posto da Mata, distrito de Nova Viçosa (a 813 km de Salvador) sul da Bahia, desde o dia 10 por não pagar a pensão alimentícia dos dois netos, teve uma reviravolta deste sábado, 21. O motivo é que a mãe das crianças desistiu do acordo feito anteriormente e agora só aceita receber o valor total devido, que já está em R$ 4.417,36. “Ela tinha aceitado receber R$ 2 mil e passar o processo para o ex-companheiro, que é filho de dona Benedita, mas de uma hora para outra desistiu e quer o valor todo. Não sei o que está ocorrendo, pois ela sabe a situação da ex-sogra e mesmo assim insiste em receber algo que é impossível”, afirmou o advogado da lavradora Mozart Soares. A notícia de que a ex-nora desistiu do acordo deixou a lavradora triste. Por telefone, ela conversou com a reportagem de A TARDE e revelou que a maior dor que tem é saber que tudo isto é por vingança. “Ela quer se vingar de meu filho desta forma. O estranho é que ela frequentava a minha casa e sabe que muitas vezes não tenho nem uma mistura para comer e ainda exige este valor todo?”, questionou. Benedita contou que quando fez o acordo na justiça pagava o valor R$ 250,00 mensal, mas há dois anos foi demitida do trabalho e não mais encontrou emprego. “Mesmo assim chamei ela, a mãe das crianças, na minha casa e avisei que estava desempregada e não tinha como pagar a pensão. Ela disse que entendia e que eu não me preocupasse. De repente chega a polícia na minha casa para me prender. Foi uma covardia”, disse sem conter o choro. A Tarde.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*