Bem Vindo ao Correio do Oeste - 6 Anos Alimentando Você com Informações Políticas !









Publicado em: 04/1/2018
Feira: Jovem é espancada e ferida com golpes de garrafa por ex-companheiro

Foto: Reprodução / SindSaúde BA

Uma jovem de 20 anos, moradora do bairro de Rua Nova, em Feira de Santana, foi agredida pelo ex-companheiro na noite dessa quarta-feira (3). Ela procurou atendimento na emergência do Hospital Geral Clériston Andrade (HGCA). Segundo informações do portal Acorda Cidade, a moça é identificada como Thainara Santos da Silva, já o homem é Clebson Silva Santos. Por não aceitar o fim do relacionamento, ele espancou a jovem e a atingiu com golpes de garrafa, que feriram as mãos dela. De acordo com a publicação, a filha da vítima, uma criança de quatro anos, presenciou tudo.

Quinta, 04 de Janeiro de 2018 – 14:00

Prefeitura abre 300 vagas temporárias para Carnaval na Sedur, Semps e SPMJ

por Estela Marques

Prefeitura abre 300 vagas temporárias para Carnaval na Sedur, Semps e SPMJ

Foto: Reprodução / Google Street View

Começam nesta quinta-feira (4) as inscrições para o processo seletivo simplificado lançado pela prefeitura para atuação no Carnaval. São 301 vagas para as secretarias de Desenvolvimento e Urbanismo (Sedur), de Promoção Social (Semps) e de Políticas para as Mulheres e Juventude (SPMJ). As inscrições devem ser feitas até domingo (7), no site www.processoseletivosimplificadocarnaval.salvador.ba.gov.br. Os editais dos três processos seletivos estão disponíveis no site do Diário Oficial do Município (neste link). Na Sedur, são 15 vagas para engenheiro civil, com salário de pelo menos R$ 2.151,64. Já na Semps, são 15 vagas para assistente social e outras 15 para psicólogo, com salário de pelo menos R$ 1.691,52; além de 96 vagas para educador social, com salário de pelo menos R$ 634,56. Já na SPMJ, são 12 vagas para assistente social, 8 para pedagogo, 12 para psicólogo e 8 para coordenador de unidade, com salário de R$ 2.114,40. Para a função de educador social são oferecidas 120 vagas, com salário de pelo menos R$ 793,16. Todos as remunerações sofrem incidência do adicional noturno, se a carga horária de trabalho for à noite. 

Quinta, 04 de Janeiro de 2018 – 13:40

Novo inquérito contra Geddel e família é redistribuído para Alexandre de Moraes

por Amanda Pupo e Fabio Serapião | Estadão Conteúdo

Novo inquérito contra Geddel e família é redistribuído para Alexandre de Moraes

Foto: Nelson Jr. / STF

Depois de o ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), autorizar, em dezembro, novo inquérito para investigar o ex-ministro Geddel Vieira Lima (PMDB), por crime de peculato, foi definido na terça-feira (2) que o relator do caso será o ministro Alexandre de Moraes. Também são investigados nesse inquérito o deputado Lúcio Vieira Lima (PMDB), o diretor legislativo da Câmara Afrísio Vieira Lima Filho, e a mãe deles, Marluce Vieira Lima. O pedido da Procuradoria-Geral da República (PGR) por um novo inquérito – além do que já investiga o caso do “bunker” com R$ 51 milhões apreendidos em Salvador – surgiu após o ex-assessor parlamentar Job Brandão entregar ao STF, em novembro, cópias dos extratos de sua conta bancária que, segundo ele, confirmam a devolução de cerca de 80% do seu salário para a família Vieira Lima. Em petição assinada por seu advogado Marcelo Ferreira, o ex-homem de confiança da família anexou extratos da movimentação financeira de sua conta no período entre janeiro de 2012 e novembro de 2017. Pelo caso não ter relação direta com os crimes investigados no âmbito do inquérito do “bunker”, Fachin havia pedido que a nova investigação fosse atribuída a outro ministro do Supremo. A redistribuição foi autorizada pela presidente da Corte, Cármen Lúcia, em 20 de dezembro, primeiro dia de recesso do STF. Nesta terça, o ministro Alexandre de Moraes foi sorteado para relatar o inquérito. Em depoimento à Polícia Federal, Job já havia revelado a devolução dos valores à mãe de Geddel, Marluce Vieira Lima. Após a revelação, o ex-assessor prometeu entregar as provas dos repasses. Com a entrega dos recibos e dos extratos, o advogado Marcelo Ferreira pretende conseguir os benefícios de uma colaboração e alcançar o perdão judicial para seu cliente. Agora em liberdade determinada por Fachin, Brandão havia preso no dia 16 de outubro no âmbito das investigações sobre os R$ 51 milhões. Após pagamento de fiança de dez salários mínimos, Job recebeu uma tornozeleira e estava em prisão domiciliar, que foi revogada no final de novembro. Em entrevista ao jornal O Estado de S. Paulo em novembro, o advogado de Brandão havia afirmado que seu cliente é uma vítima da família Vieira Lima. De acordo com o advogado, a família de Geddel “exigia” a devolução de 70 a 80% do salário. “Tive a oportunidade de visitá-lo e pude constatar a simplicidade de sua casa e a real condição financeira, totalmente incompatível com o salário de um secretário parlamentar”, disse o advogado na ocasião. Os recibos mostram que nos dias subsequentes ao recebimento do salário da Câmara dos Deputados eram realizados vários saques na conta bancária de Job. Por exemplo, no dia 21 de março de 2012 a conta recebe o crédito de R$ 7 mil. Nos dias 22, 23, 26, 27, 28 e 29 são registrados, segundo o extrato anexado à petição, saques diários no valor de R$ 1 mil. Por fim, no dia 30 do mesmo mês, outros R$ 990,00 são sacados. Para o advogado Marcelo Ferreira, essa dinâmica de saques em espécie confirma que o ex-assessor “sempre devolveu a maior parte de seu salário à família Vieira Lima”. A reportagem entrou em contato com o advogado Gamil Föppel, responsável pela defesa da família Vieira Lima, mas ainda não obteve uma resposta.

 

Kassab diz que Meirelles é 'plano A' do PSD, mas abre portas para Alckmin

Foto: Elza Fiúza / Agência Brasil

O ministro de Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Gilberto Kassab, presidente licenciado do PSD, declarou em entrevista publicada nesta quinta-feira (4) que o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, é o “plano A” da legenda para a candidatura à Presidência da República. “Tenho me esforçado muito para que esse caminho seja o Meirelles. Mas pode ser o Meirelles, o presidente Temer, por que não? E pode ser o Alckmin”, sinalizou. Ele descartou no entanto que haja qualquer estremecimento entre o partido e o ministro – o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM), colocou em questão se o PSD seguiria até o fim com Meirelles. “Alguém questionar a honestidade da relação de confiança entre PSD e Meirelles é subestimar o que se tem na vida pública. Isso são mais observações para tentar jogar um contra o outro. Nenhum partido faz por um presidenciável o que o PSD faz pelo Meirelles. Temos imenso orgulho de tê-lo filiado. Ele tem tido desempenho que poucas vezes um gestor teve à frente da Fazenda”, afirmou Kassab. Questionado sobre o baixo desempenho de Meirelles na pesquisa, que tem pontuado no máximo 2%, Kassab afirma que o percentual não é a única forma de avaliar a candidatura. “Essa resposta é muito difícil. A pesquisa é muito importante, mas não a única maneira de se avaliar. Quando fui candidato à reeleição à prefeitura de São Paulo [em 2008], tinha 2%, 3%, e acabei vencendo. Meirelles é um presidenciável. Afirmar agora que será candidato é um desrespeito com os companheiros de partido. O Meirelles sabe que o que tiver nosso alcance para ser viabilizado será feito. E na hora certa vamos discutir com ele”.

CGU identifica mais de 340 mil cadastros com fraudes no Bolsa Família

Foto: Jefferson Rudy / Agência Senado

Uma auditoria da Controladoria-Geral da União (CGU) no programa Bolsa Família apontou 345.906 cadastros com indícios de fraude, como casos de beneficiários que estão fora das regras e por isso não teriam direito a participar. Segundo informações do jornal O Globo, a principal regra quebrada nesses casos é a renda mensal superior ao nível determinado pelo governo, de R$ 170. De acordo com a CGU, há também situações de servidores públicos e pessoas que tem casa própria e automóveis importados entre os beneficiários, além de famílias com renda superior a R$ 1,9 mil. Com as irregularidades, o governo pagou indevidamente R$ 1,3 bilhão. Foram inspecionados 2,5 milhões de famílias com cadastros suspeitos – havia inconsistências no CPF, no tamanho dos núcleos familiares, ou na renda. Os dados referentes aos cadastros fraudulentos foram encaminhados ao Ministério do Desenvolvimento Social (MDS). “Não é aquele indivíduo que aumentou a renda, conseguiu emprego, melhorou que a gente vai atrás. O que nos preocupa é aquele caso da pessoa que já entrou errada, tem um padrão de vida excelente, que está fraudando o programa de fato”, afirmou o secretário federal de controle interno da CGU, Antônio Carlos Leonel.

Quinta, 04 de Janeiro de 2018 – 12:40

Bebeto sugere que Wagner fique fora de chapa: ‘PT está representado com governador’

por Luana Ribeiro / Estela Marques

Bebeto sugere que Wagner fique fora de chapa: 'PT está representado com governador'

Foto: Luana Ribeiro / Bahia Notícias

O deputado federal Bebeto Galvão, liderança do PSB na Bahia, sugeriu nesta quinta-feira (4) que o ex-governador Jaques Wagner fique fora da chapa majoritária para as eleições deste ano. O PSB tenta emplacar a senadora Lídice da Mata com lugar na chapa para reeleição. “No nosso entendimento, o PT está devidamente representado na coalizão com liderança do governador. O PP tem a vice. O PSD tem o senador Otto Alencar”, disse o parlamentar, durante entrega do terminal de ônibus na rodoviária de Salvador. Bebeto defendeu a permanência de Lídice na chapa, considerando o apoio desde a primeira eleição de Jaques Wagner e a densidade eleitoral que a senadora possui. “Estamos decidindo com o governador e com as forças políticas a necessidade de mantê-la e o PSB nacionalmente decidiu que Lídice é uma das nossas representantes no Senado e vamos manter”, acrescentou. Bebeto reforçou ainda que, por outro lado, se não entrarem em um acordo, Lídice pode lançar candidatura sozinha.

Quinta, 04 de Janeiro de 2018 – 12:20

Rodoviária: Alagamento foi causado por entupimento; CCR instalou sistema de bombas

por Luana Ribeiro

Rodoviária: Alagamento foi causado por entupimento; CCR instalou sistema de bombas

Fotos: Luana Ribeiro / Bahia Notícias

Além da reforma entregue nesta quinta-feira (4), o Terminal Rodoviário de Salvador passou por outra intervenção, desta vez feita pela CCR Metrô Bahia, concessionária do sistema metroviário, voltado para resolver o alagamento de uma passagem subterrânea que liga duas plataformas da estação. Em novembro do ano passado, a passagem ficou completamente inundada e o nível da água chegou a atingir as escadarias de acesso ao nível sob as plataformas (lembre o caso).

A passagem subterrânea, acessada pela escada | Foto: Luana Ribeiro / Bahia Notícias

“Aquilo foi porque o sistema de drenagem do município estava entupido. Mas aí foi resolvida a situação e a CCR afirmou que instalou um sistema de bombeamento. Se ocorrer do sistema de drenagem entupir de novo e a água da chuva ir para ali, automaticamente é acionado o sistema de bombas e escoado”, explica a secretaria de Desenvolvimento Urbano (Sedur), Jusmari Oliveira, que acrescentou que a prefeitura de Salvador também atuou para solucionar o problema de escoamento de águas pluviais para o rio Camarajipe. Veja abaixo o vídeo que registrou o alagamento ocorrido em novembro:

 

Quinta, 04 de Janeiro de 2018 – 12:00

Adversários de Lula assinam manifesto defendendo candidatura do petista

por Ricardo Galhardo | Estadão Conteúdo

Adversários de Lula assinam manifesto defendendo candidatura do petista

Foto: Ricardo Stuckert

A deputada estadual gaúcha Manuela DÁvila (PC do B) e o líder do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST) Guilherme Boulos, possíveis adversários do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva na disputa presidencial deste ano, assinaram um manifesto em defesa do direito do petista ser candidato a presidente em 2018. Intitulado “Eleição Sem Lula é Fraude”, o documento elaborado pelo ex-ministro das Relações Exteriores do governo Lula Celso Amorim foi traduzido para o inglês, espanhol, francês e árabe e havia recebido até esta quarta-feira, 3, o apoio de mais de 115 mil pessoas. Entre elas o cantor Chico Buarque de Holanda e o linguista e filósofo norte-americano Noam Chomsky. A meta é chegar a 150 mil assinaturas até o dia 24, quando o Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) vai julgar o recurso que pode tornar o petista inelegível. Lula, que lidera as pesquisas eleitorais para a Presidência, foi condenado em primeira instância a 9 anos e 6 meses de prisão por corrupção passiva e lavagem de dinheiro no caso do triplex do Guarujá (SP). Ele alega inocência e recorreu ao TRF-4 contra a condenação. Se o tribunal mantiver a sentença o petista pode ficar inelegível com base na Lei da Ficha Limpa. Manuela foi lançada pré-candidata a presidente pelo PC do B. Boulos, que não é filiado a partido político, recebeu convite do PSOL para disputar a Presidência pela legenda. Ele tem até março para decidir se aceita o convite. Ciro Gomes, pré-candidato pelo PDT, foi procurado por meio de sua assessoria de imprensa mas não respondeu.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*